Segunda, 19 de fevereiro de 201819/2/2018
(11) 98373-2619
Chuva
16º
21º
23º
Cotia - SP
Erro ao processar!
Radio News
SAÚDE
Quase 600 pessoas são vacinadas contra a Febre Amarela na feira noturna de Cotia
Na sexta-feira (8/12), das 17h às 21h, a Prefeitura montará um posto de vacinação na feira noturna de Caucaia do Alto
Redação São Paulo - SP
Postada em 07/12/2017 ás 15h00 - atualizada em 08/12/2017 ás 12h35
Quase 600 pessoas são vacinadas contra a Febre Amarela na feira noturna de Cotia

Fotos: Vagner Santos/PMC/Divulgação

A Vigilância Epidemiológica de Cotia vacinou 597 pessoas contra a Febre Amarela no posto de vacinação montado pela Secretaria de Saúde na feira noturna, em frente à prefeitura, nesta quarta-feira (6/12). Na sexta-feira (8/12), o posto de vacinação estará na feira noturna de Caucaia do Alto, na Praça dos Romeiros, das 17h às 21h.


“Optamos por montar esta estratégia de vacinação nesses dois dias para alcançarmos o maior número de pessoas. Sabemos que muita gente trabalha, estuda e acaba não conseguindo chegar em tempo de se vacinar nas Unidades Básicas de Saúde”, disse o secretário de Saúde, Magno Sauter.


Até o dia 29/12, das 9h às 16h, a população pode comparecer na UBS mais próxima e tomar a vacina contra a febre amarela. Cotia não tem confirmação da doença em primatas (macacos) e nem em humanos. A ação de bloqueio é cautelar devido às confirmações da doença em macacos encontrados mortos na Grande São Paulo.


É preciso levar o cartão do SUS e, para menores de 15 anos, é obrigatório apresentar a caderneta de vacinação.


Quem pode vacinar:


Pessoas a partir de nove meses de idade.


Mulheres que estiverem amamentando bebês com mais de seis meses (será preciso ficar pelo menos dez dias sem amamentar)


 A vacina é contraindicada para:


Menores de noves meses de idade.


Portadores de HIV ou câncer, pacientes em terapêutica imunodepressora: quimioterapia, radioterapia, corticóide em doses elevadas por mais de 2 semanas.


Portadores de doenças autoimunes como lupos, anemia, falciforme, renal crônico, hepatopatas, entre outras).


Pacientes em uso de medicações antimetabólicas como azatioprina e ciclofosfamida), medicamentos modificadores do curso da doença, os biológicos: Infliximabe, Etanercepte, Golimumabe, Certolizumabe, Abatacept, Belimumabe, Ustequinumabe, Canaquinumabe, Tocilizumabe, Rituximabe).


Pacientes com história pregressa de doença do timo (miastenia gravis, timoma) e gestantes.

O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos o direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas. A qualquer tempo, poderemos cancelar o sistema de comentários sem necessidade de nenhum aviso prévio aos usuários e/ou a terceiros.
Comentários
imprimir
12.415
© Copyright 2018 :: Todos os direitos reservados
Site desenvolvido pela Lenium