Terça, 18 de setembro de 2018
(11) 98373-2619
Meio Ambiente

14/06/2018 ás 10h00 - atualizada em 29/06/2018 ás 09h06

3.730

Cloves Ferreira

Cotia / SP

Cotia dá primeiro passo para a proibição de canudos de plástico
Vereadores aprovaram Projeto de Lei de autoria do Presidente Paulinho Lenha (PSB) que obriga comércio a oferecer canudos de papel
Cotia dá primeiro passo para a proibição de canudos de plástico
Divulgação

A Câmara Municipal de Cotia aprovou, na última terça-feira, a proibição do uso de canudos de plástico no comércio da cidade. O Projeto de Lei nº 21/2018, de autoria do Presidente da Casa, vereador Paulinho Lenha (PSB), recebeu dez votos favoráveis e segue agora para sanção do Executivo.


O texto define que restaurantes, bares, lanchonetes, barracas, ambulantes e similares sejam obrigados a fornecer somente canudos de papel biodegradável ou reciclável, embalados individualmente com material semelhante. A proibição deve passar a valer em 1º de janeiro de 2019, para que haja tempo de adaptação do comércio.


“Nós temos rios e córregos em Cotia e vemos o mal que o lixo faz aos animais. É um problema que vai aumentando cada vez mais se não nos conscientizarmos e tomarmos as atitudes necessárias”, afirma o autor do Projeto. Na Justificativa da matéria, o parlamentar cita que 13,5% do lixo produzido no país ano passado foi plástico, que demora mais de cem anos para se decompor e causa sérios danos ao meio ambiente.


Na Tribuna, o vereador Arildo Gomes (PDT) destacou que o Projeto vai ao encontro da mobilização mundial pela preservação do meio ambiente. “Temos que chamar a responsabilidade, precisamos usar mais material biodegradável e tomar atitudes para realmente melhorar nosso ambiente”, afirmou o vereador Edson Silva (PRB).


Fernando Jão (PSDB) lembrou que a medida causa impacto no comércio, mas que é uma questão de conscientização. Segundo o parlamentar, aproximadamente 5% dos orçamentos dos municípios são destinados à coleta e tratamento do lixo. “É um pequeno gesto, mas a preocupação é grande. Hoje são os canudos, mas amanhã podemos parar de usar plásticos”, desejou o vereador Celso Itiki (PSD).


“Hoje sabemos como nós, seres humanos, estamos acabando com a natureza. Se todo mundo fizer a sua parte, podemos protegê-la e, dessa forma, proteger a nós mesmos”, disse Dr Castor (PSD). Já o vereador Marcos Nena (MDB) lembrou que precisa haver equilíbrio entre capital e meio ambiente, desejando que outros municípios tomem iniciativas semelhantes.


Frisando a importância de haver equilíbrio pelo bem do planeta, Professor Osmar (PV) destacou o mérito do Projeto. “Demonstra a preocupação com o meio ambiente, que tem que ser estendida a todos. É impactante ver o dano que causa um simples canudo. Tenho certeza que esse projeto vai incentivar outros”.

FONTE: Comunicação

O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos o direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas. A qualquer tempo, poderemos cancelar o sistema de comentários sem necessidade de nenhum aviso prévio aos usuários e/ou a terceiros.
Comentários

0 comentários

Veja também
Mais lidas
© Copyright 2018 :: Todos os direitos reservados
Site desenvolvido pela Lenium