Sábado, 18 de Setembro de 2021
18°

Pancada de chuva

Cotia - SP

Tecnologia São Paulo

Agência FAPESP ganha Prêmio Einstein de agência de notícias de saúde mais admirada

Evento promovido por Jornalistas&Cia e Portal dos Jornalistas anunciou portais e veículos de destaque na área da saúde

13/09/2021 às 12h45
Por: SECOM Fonte: Secom Estado de São Paulo
Compartilhe:
Foto: Reprodução/Secom Estado de São Paulo
Foto: Reprodução/Secom Estado de São Paulo

Foram anunciados nesta quinta-feira (09/09) emevento on-lineos vencedores doPrêmio Einstein +Admirados da Imprensa de Saúde e Bem-Estar. AAgência FAPESPconquistou o primeiro lugar na categoria “Agência de Notícias”, na qual ficou entre os finalistas ao lado da Agência Estadoe da Reuters.

A premiação – uma iniciativa doJornalistas&Ciae do Portal dos Jornalistas, em parceria com a Sociedade Beneficente Israelita Brasileira Albert Einstein – movimentou milhares de jornalistas e profissionais de comunicação, em dois turnos de votação. Ao final, foram destacados os profissionais “Top 25 Brasil”, além dos “Top 3” regionais e das nove categorias de veículos, que incluem as diversas plataformas que hoje compõem o espectro de comunicação com a sociedade. Dos 33 finalistas, 30 eram mulheres.

Entre os “Top 5” do Brasil ficaram André Biernath (BBC News), Claudia Collucci (Folha de S. Paulo), Cinthya Leite (Jornal do Commercio/PE), Amanda Milléo (Gazeta do Povo/PR) e Carolina Marcelino (CNN).

Os campeões regionais foram Rebeca Borges (Metrópoles/Brasília pelo Centro-Oeste), Daniela Branches (TV Globo/Amazonas pelo Norte), Larissa Roso (Zero Hora/RS pelo Sul), Claudia Collucci (Folha de S. Paulo pelo Sudeste) e Cinthya Leite (Jornal do Commercio/PE pelo Nordeste). Mariana Varella (Portal Drauzio Varella) venceu na categoria “+Admirada Colunista de Saúde e Bem-Estar do Brasil”.

Os demais integrantes do “Top 25” são Adriana Dias Lopes (O Globo), Barbara Paludeti (UOL VivaBem), Bethânia Nunes (Metrópoles), Bruna Alves (UOL VivaBem), Camila Neuman (CNN), Carlos Madeiro (UOL VivaBem e UOL Notícias), Chloé Pinheiro (Veja Saúde), Claudia Brandão (TV Cidade Verde), Cléo Soares (O Liberal), Cristiane Segatto (UOL VivaBem), Danielle Sanches (UOL VivaBem), Deborah Giannini (R7), Denilson D´Almeida (Diário do Pará), Érica Montenegro (Metrópoles), Giulia Granchi (UOL VivaBem), Juliana Dantas (Podcast Finitude), Lúcia Helena de Oliveira (UOL VivaBem), Natália Cancian (Folha de S.Paulo), Natalia Cuminale (Futuro da Saúde), Nathália Kuhl (Metrópoles), Paola Machado (UOL VivaBem), Renata Veneri (Corpo, Cabeça, Coração), Silvia Lisboa (The Intercept) e Thaís Manarini (Veja Saúde).

Vinte e sete veículos de comunicação concorreram em outras nove categorias. Além daAgência FAPESP, os vencedores foram:Saúde em Foco(CBN/Programa de Rádio),Bem Estar(TV Globo/ Programa de TV), Portal Drauzio Varella (Site/Blog), VivaBem (UOL/Canal Digital), Folha de S. Paulo (Impresso Geral), Superinteressante (Impresso Especializado) e Saúde sem Tabu (Podcast).

Durante a cerimônia de premiação, apresentada por Fernando Rocha e Fátima Turci, foi feita uma homenagem aos profissionais da imprensa brasileira que têm se dedicado à cobertura de temas de saúde em meio à pandemia de COVID-19.

Este texto foi originalmente publicado porAgência FAPESPde acordo com alicença Creative Commons CC-BY-NC-ND. Leia ooriginal aqui.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Ele1 - Criar site de notícias