Anuncie
JUSTIÇA
Gusttavo Lima é indiciado por crime ambiental
Polícia Civil decidiu indiciar cantor e mais três por crime ambiental
01/03/2018 03h43
Por: Redação
Fonte: RD1
17.933
Imagem: Reprodução
Imagem: Reprodução

Gusttavo Lima teve seu nome envolvido em mais uma polêmica. Nesta quarta-feira (28), ele e mais três foram indiciados pela Polícia Civil por crime ambiental.

Ao “G1”, o delegado Luziano de Carvalho, titular da Delegacia Estadual de Repressão a Crimes Contra o Meio Ambiente (Dema), disse que o sertanejo aumentou a represa de uma fazenda que possui em Bela Vista de Goiás, Região Metropolitana de Goiânia, sem possuir licença para a obra.

A assessoria de imprensa do cantor informou que o advogado dele não tem conhecimento sobre a conclusão do inquérito, “mesmo porque não foi feita uma perícia técnica que pudesse comprovar as irregularidades mencionadas”.

A polícia, no entanto, afirmou que a represa já possui três hectares de tamanho e o intuito era chegar a quatro hectares. “O Batalhão Ambiental foi ao local por duas vezes, uma no fim de 2017 e outra já neste ano, e, em ambas, encontrou máquinas trabalhando no local. Foram feitas duas ocorrências e, apesar de terem um protocolo com o pedido da licença, o documento não havia sido expedido”, disse o delegado.

No Twitter, Lima comentou a situação, mas não entrou em detalhes. “Mas estão falando de mim de novo??? Meu Deus”, disparou.

Nenhumcomentário
500 caracteres restantes.
Seu nome
Cidade e estado
E-mail
Comentar
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos o direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.
Mostrar mais comentários