PMC - Estrada de Caucaia
PMC - Mãe Cotiana
PIADA DA SEMANA

Entenda por que um Juiz tem que ouvir as duas partes

O Famoso princípio do contraditório

Anedotas do Tabloide

Anedotas do TabloideBem, você que gosta de dar umas boas gargalhadas para relaxar acompanhe aqui as melhores piadas selecionadas pela nossa redação. Essa coluna que pretende fazer vocês morrerem de rir. Desejo a todos boas gargalhadas!

30/04/2019 20h40Atualizado há 5 meses
Por: Abraão Farina
765

Seu Zé, um mineirinho, pensou bem e decidiu que os ferimentos que sofreu num acidente de trânsito eram sérios o suficiente para levar o dono do outro carro ao tribunal.

No tribunal, o advogado do réu começou a inquirir seu Zé:

- O Senhor não disse na hora do acidente 'Estou ótimo'?

E seu Zé responde:

- Bão, vô ti contá o que aconteceu. Eu tinha acabado di colocá minha mula favorita na caminhonete...

- Eu não pedi detalhes, interrompeu o advogado. Só responda à pergunta:

"- O Senhor não disse na cena do acidente:

'Estou ótimo'?"

- Bão, eu coloquei a mula na caminhonete e tava descendo a rodovia...

O advogado interrompe novamente e diz:

- Meritíssimo, estou tentando estabelecer os fatos aqui. Na cena do acidente este homem disse ao patrulheiro rodoviário que estava bem. Agora, várias semanas após o acidente ele está tentando processar meu cliente, e isso é uma fraude. Por favor, poderia dizer a ele que simplesmente responda à pergunta.

Mas, a essa altura, o Juiz estava muito interessado na resposta de seu Zé e disse ao advogado:

- Eu gostaria de ouvir o que o Seu Zé tem a dizer.

 Seu Zé agradeceu ao Juiz e prosseguiu:

- Como eu tava dizendo, coloquei a mula na caminhonete e tava descendo a Rodovia quando uma picape travessô o sinal vermeio e bateu na minha Caminhonete bem du lado. Eu fui lançado fora do carro prum lado da rodovia e a mula foi lançada pro outro lado. Eu tava muito ferido e não podia me movê. Mais eu podia ouvir a mula zurrano, grunindo e, pelo baruio, percebi que o estado dela era muito feio. Em seguida o guarda rodoviário chegou. Ele ouviu a mula gritano e zurrano e foi até ela. Depois de dá uma oiada nela, ele pegou o revorve e atirou 3 vezes bem no meio do zôio dela. Depois ele travessô a estrada com a arma na mão, oiô para mim e disse:

- Sua mula tava muito mar e eu tive que atirar nela. E o senhor? Como tá se sentindo?

- Aí eu pensei bem e falei:

- Eu tô ótimo!

4comentários
500 caracteres restantes.
Seu nome
Cidade e estado
E-mail
Comentar
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.
Mostrar mais comentários
Ele1 - Criar site de notícias