Anuncie
MORTE

Mulher de músico morto em chacina estava no bar atacado junto com o filho de seis meses

Jovem fala sobre o atentado e como protegeu o bebê do casal

01/07/2019 15h49
Por: Abraão Farina
20
Segundos antes dos criminosos darem início à chacina que tirou a vida de quatro pessoas e deixou 19 feridas neste sábado, em Belford Roxo, na Baixada Fluminense, a esposa do músico Jorge Vitor, morto enquanto se apresentava no bar Rei do Peixe, conseguiu se esconder e salvar a vida do filho do casal, um bebê de apenas seis meses. Um dos criminosos avistou a mulher com a criança no colo e ordenou, através de gestos, que ela se abaixasse antes dos tiros começarem. O pai do bebê ainda tocava com a banda 'Nosso Grupo' quando foi atingido.
 
A mulher de Jorge falou sobre os momentos de desespero no bar e como tentou salvar o bebê. "Os caras entraram e passaram por mim, o último mandou eu abaixar. Nisso eu abaixei com o bebê entre as minhas pernas. Eu acho que ele avisou porque me viu com uma criança", conta. Segundo ela, o criminoso não falou alto, apenas apontou para a boca e fez sinais para que ela se abaixasse.
Depois dos tiros a jovem levantou para tentar encontrar o marido, que ainda estava vivo. "Levantei chorando e chamando por ele, mas nenhum sinal. Eu não sabia, mas ele estava caído", explica. Ela conta que depois de encontrar o marido, deixou o bebê com um dos músicos do grupo. "Quando eu o achei, um rapaz do grupo estava perto e eu deixei meu filho com ele. Fui pra perto do meu marido", conta. O outro músico levou o bebê para fora do bar e ficou com a criança na casa de uma vizinha.
Segundo ela, pouco antes de morrer, o músico tentou falar com a jovem. "Ele apertou minha mão e fez um barulho, acho que estava preocupado. Eu fui correndo pegar meu filho na casa da vizinha, mas não queriam deixar eu sair, quando eu voltei (para o bar) os policiais disseram que ele estava morto", desabafa.
Os dois estavam juntos há um ano e oito meses. A mulher explicou que irá se dedicar a criar o filho com o legado deixado pelo pai, com amor ao samba e ao time do coração, o Flamengo. "Serei forte por ele porque ele amava muito o nosso bebê. Ele terá todo o amor, carinho e força da família e amigos. Eu farei tudo como ele queria, o filho amando o samba, sendo flamenguista e salgueirense mesmo eu sendo Beija-Flor", disse, emocionada.
Nenhumcomentário
500 caracteres restantes.
Seu nome
Cidade e estado
E-mail
Comentar
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.
Mostrar mais comentários
Cotia - SP
Atualizado às 09h51
18°
Poucas nuvens Máxima: 24° - Mínima: 11°
18°

Sensação

21.4 km/h

Vento

59.3%

Umidade

Fonte: Climatempo
CAMBIOBR
GOTOPMODELS
Municípios
Câmara de Osasco
Anuncie JT - GIF 300x250 - Esportes
Últimas notícias
Rádio News
Radio News
SUCOS PRATS
SUCOS PRATS
Mais lidas
ANJ2
Ele1 - Criar site de notícias