Anuncie
Dr. Bruno Lage

Dr. Bruno Lage defende a importância do acompanhamento médico para um atleta

Médico é referência em todo Brasil

03/07/2019 18h08
Por: Thiago Michelasi
62

Para se tornar um médico do esporte é preciso, antes de qualquer coisa, gostar desta área. Não basta apenas ter um dos requisitos, é um conjunto. Assim como qualquer profissão, esta também tem suas dificuldades, e é preciso saber lidar bem com elas.

De acordo com o médico Dr. Bruno Lage, que atende alguns jogadores do Clube Cruzeiro é preciso estar por dentro de tudo que envolve o esporte. “O médico de esporte tem que entender o dia a dia do atleta e aprofundar sobre o esporte dedicado por ele. É importante levar o atleta ao seu maior alto nível e prevenindo contra futuras lesões”, explica.

Atletas de alto nível normalmente tem mais as recomendações médicas e buscam fazer tudo aquilo que estiver ao alcance para que possam voltar às práticas do esporte, diferente de um “atleta de final de semana”. “Os atletas profissionais respeitam mais os tratamentos, pois têm uma urgência maior de retorno rápido. Claro que tudo depende de uma excelente relação Médico Paciente”, e o Dr. Bruno Lage defende muito esse laço! ( os atletas na Grande maioria das vezes não estão lesionados e vem em busca alta performance com ajuda de fitoterápicos naturais, vitaminas, minerais e uma dieta personalizada)

Entretanto, os atletas, sejam eles profissionais ou amadores, que não respeitam as recomendações médicas podem sofrer sérias conseqüências. “O atleta que não segue as orientações médicas pode ter queda da performance esportiva, ganho de peso e até lesões necessitando ficar afastado muitas vezes por longo período de tempo. “  alerta .

Por esta razão é importante ter um acompanhamento médico, sempre que se pratica um esporte. É preciso, antes de começar, saber das aptidões para um determinado esporte, ter conhecimento das condições cardíacas e físicas. Depois é preciso manter o contato médico com o intuito de prevenções através de exames laboratoriais e diete . “Primeiramente é preciso escolher um médico que tenha especialidade e experiência no manejo com atletas amadores e profissionais. Ter acompanhamento é fundamental para se trabalhar com prevenção e caso a lesão ocorra para que tenha o retorno o mais rápido possível e com segurança".

O Dr. Bruno Lage esclarece algumas dificuldades, como por exemplo, o acompanhamento mais rotineiro devido ao grande período de treino e competições do atleta ao longo do ano.

 

Siga o Dr. Bruno Lage no Instagram: instagram.com/drbrunolage

Nenhumcomentário
500 caracteres restantes.
Seu nome
Cidade e estado
E-mail
Comentar
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.
Mostrar mais comentários
CAMBIOBR
GOTOPMODELS
Municípios
Anuncie JT - GIF 300x250 - Esportes
Câmara de Osasco
Últimas notícias
SUCOS PRATS
Rádio News
Radio News
SUCOS PRATS
Mais lidas
ANJ2
Ele1 - Criar site de notícias