PMC - Mãe Cotiana
PMC - Estrada de Caucaia
POLÍCIA

Polícia apura venda de terreno de Cafu para suposto membro do PCC

Ex-jogador de futebol, capitão da seleção brasileira no penta, teria vendido um terreno em Alphaville, em Barueri, para Décio Português

07/10/2019 20h28Atualizado há 1 semana
Por: Agatha Marques (Redação)
Fonte: R7
21

A Polícia Civil investiga a venda de um terreno que seria do ex-jogador de futebol Cafu, capitão da seleção brasileira no penta, para um suposto membro da facção criminosa PCC (Primeiro Comando da Capital).

De com as apurações iniciais, o ex-jogador teria vendido um terreno em Alphaville, no município de Barueri, para o suposto membro do setor de contabilidade da facção criminosa Décio Português, preso em agosto.

Procurada pela reportagem, a assessoria de imprensa do Deic (Depatarmento Estadual de Investigações Criminais), da Polícia Civil, disse que "as investigações relacionadas ao crime organizado são apuradas com sigilo de Justiça".

 A assessoria disse ainda que "o Deic não forneceu ou fornecerá informações sobre inquéritos com esse tipo de impedimento".
 Procurada por e-mail, a SSP-SP (Secretaria de Segurança Pública do Estado de São Paulo) não deu informações sobre o caso até a publicação desta reportagem.

O mesmo suposto membro do PCC que teria comprado o terreno de Cafu, também é investigado por depósitos para advogados do PT e uma ONG do Rio de Janeiro. Assista, abaixo, reportagem sobre esse caso.

Nenhumcomentário
500 caracteres restantes.
Seu nome
Cidade e estado
E-mail
Comentar
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.
Mostrar mais comentários
Ele1 - Criar site de notícias