Prefeitura Cotia - Estrada de Caucaia
BELEZA

Micropigmentação e alongamento de cílios podem causar queimaduras

Foto de uma pálpebra machucada ligou o sinal de alerta em muitas mulheres. Dermatologista explica por que riscos existem e como evitá-los

14/11/2019 09h33Atualizado há 2 meses
Por:
Fonte: R7

A fotografia de uma pálpebra machucada por cílios postiços derretidos levantou um alerta nas redes sociais. Segundo o estudante de medicina Hércules Pontes, responsável pela publicação, as máquinas de ressonância magnética podem derreter as extensões, já que algumas delas são magnéticas.

De acordo com a dermatologista Damaris Ortolan, queimar as extensões de cílios durante esse procedimento é bastante incomum, mas pode acontecer.  “Dependendo do material, é possível conter algum componente metálico”, explica. Segundo ela, a precaução deve ser maior em procedimentos como a micropigmentação de sobrancelhas.

“A espera recomendada para realizar o exame após a micropigmentação é de 15 a 30 dias. Já no caso do alongamento, como não é um procedimento que dura muito tempo, o ideal é dar tempo para que os cílios postiços caiam antes de realizar o exame. ”

Além dos exames médicos, a dermatologista aponta que o risco mais comum do alongamento é a queda dos cílios reais. “O peso dos cílios postiços pode causar efeito de tração, derrubando os naturais. A aplicação com cola também deve ser evitada em peles mais sensíveis, sob risco de causar uma dermatite.”

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.
Ele1 - Criar site de notícias