Prefeitura Cotia - Estrada de Caucaia
HUMANIZA COTIA

Prefeitura concluiu a capacitação de mais de 600 servidores por meio do ‘Humaniza Cotia’

A iniciativa surgiu com a chegada do projeto de Engajamento Digital na Saúde (EDS)

06/12/2019 18h31
Por: Marcos Soares
Wagner Santos - divulgação
Wagner Santos - divulgação

Na quarta-feira (4/12), a Prefeitura de Cotia, por meio das Secretarias de Saúde e de Gestão Estratégica e Inovação, em parceria com o Instituto Tellus, concluiu a capacitação de mais de 600 servidores por meio do recém-criado programa ‘Humaniza Cotia’. O prefeito Rogério Franco participou do encerramento da 1ª edição e destacou a importância da iniciativa. “Temos investido muito em saúde. Informatizamos as UBS’s, melhoramos o gerenciamento de filas, distribuição de medicação, investimentos em equipamentos, mas ainda sentimos a necessidade de investimento no elemento humano, que é uma das ferramentas mais importantes para o serviço de saúde funcionar bem”, disse o prefeito Rogério Franco. “E este programa vem para fechar esta lacuna”, completou.

O Secretário de Gestão Estratégica e Inovação, Raphael Camargo, explicou que a inovação não tem a ver só com tecnologia, ela também pode e deve ser utilizada no acolhimento. “É importante entender que a humanização é a primeira porta de entrada do cidadão na rede de saúde com os servidores. Com servidor capacitado vamos acolher de forma adequada o munícipe que muitas vezes chega à unidade em seus piores momentos, com dor, aflição”, disse.

O Humaniza Cotia nasceu com a chegada do projeto de Engajamento Digital na Saúde (EDS), desenvolvido em parceria com o Instituto Tellus e que já está em funcionamento da UBS do Portão, desde 2018. A unidade de saúde passou a contar com totem de autoatendimento, controle de atendimento por senha, painel eletrônico e uma nova disposição dos espaços e identidade visual. “Dentro deste projeto de tecnologia se vê como é importante inserir o componente humanização, pois uma coisa sem a outra não completa o processo da excelência no atendimento”, destacou Raphael.

Durante a capacitação, os servidores foram instigados a se colocarem no lugar do outro. Pesos no corpo, vendas, entre outros elementos limitantes foram utilizados para que pudessem vivenciar as dificuldades de um idoso, por exemplo. “Só compreendemos o outro quando nos colocamos em seu lugar. Para muita gente a empatia é algo natural, mas para outras precisa ser despertada. Pessoas empáticas atendem melhor”, disse Magno Sauter, Secretário de Saúde.

De acordo com Adriana Cardoso, coordenadora do programa, no ano que vem os servidores receberão capacitação em seus locais de trabalho. “Este ano foi um start do que ainda vamos fazer em 2020. Todos os servidores da saúde receberão capacitação em seus locais de trabalho, vamos compreender as dificuldades das equipes e buscarmos a padronização no atendimento com excelência’, destacou Adriana.

Está em andamento a reforma de mais seis UBS’s que estão sendo adaptadas para receberem o EDS e funcionarem no formato da UBS Portão, a partir daí os pacientes poderão agendar consultas pelos totens de autoatendimento, pelo portal da Prefeitura ou pelo App Saúde Simples.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.
Ele1 - Criar site de notícias